terça-feira, 27 de fevereiro de 2007

meu pé direito

André Coelho

um dia descobri que andando se chega a qualquer lugar
e comecei a andar...

cheguei no Rio de Janeiro, em Curitiba...

sei que tem muito mais a se andar
sei que meus pés já não são os mesmos do início da caminhada;
sei que não sou Forrest Gump,
mas gosto de contar histórias;
sei que um tênis ajuda muito
e que o frio é mais quente do que parece...
e o calor, mais frio...

descobri que todos os ventos que engolem cidades no ar
sempre me levarão a Belém,
de onde me trouxeram.

sei que meus passos um dia vão terminar.
neste dia, quero ter andado o suficiente
pra poder dizer que aprendi a não tropeçar,
como tropecei e ainda tropeço.
neste dia, estarei deitado de sapatos - como Mário Quintana -
mas, em outro lugar, alguém me receberá em casa.

e descobrirei que só consegui andar
porque desde o início,
embora talvez eu nunca houvesse percebido,
aqueles passos não eram meus.


Flog do Semeador - Rio de Janeiro, RJ
07 de julho de 2005

2 comentários:

Juliana Pimenta disse...

eii ... descobri isso aqui ... agora visitarei sempre hehe ;)
Paz!

Agnes Alencar disse...

sei o queres dizer. No fundo no fundo, os passos nunca são nossos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais populares