sábado, 24 de abril de 2010

Antiga ocorrência policial

André Coelho

Bem ali,
na Rua da Cadeia,
um alemão matou uma gorda senhora que tocava violão
na mesma calçada em que um indiozinho todos os dias vem vender seus cordões de contas coloridas.

Ninguém sabe,
ninguém viu.
Ninguém supõe.

Mas tenho impressão de que, neste lugar, as paredes falam.

Paraty, RJ
24 de abril de 2010

5 comentários:

Lília Dias Marianno disse...

Sim, elas falam, respiram, e comentam coisas sobre nós.
Sempre tive a sensação que a "minha cidade" tinha uma vida própria por dentro das paredes.
Achei sensacional você ter tido a mesma percepção logo na primeira visita. D+ ;-)

antonioanderson disse...

Não acho que as paredes falam, mas as mangueiras... rsrsrsrs

Gostei do seu blog, é bonito, com textos lindos e um jeito bem paraense.

Tô te seguindo! Abraço.

http://avozdeantonioanderson.blogspot.com/

antonioanderson disse...

Agradeço a visita, viu?

Postei textos novos lá, se puder dê uma lida.

Abração. Fui...

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...traigo
sangre
de
la
tarde
herida
en
la
mano
y
una
vela
de
mi
corazón
para
invitarte
y
darte
este
alma
que
viene
para
compartir
contigo
tu
bello
blog
con
un
ramillete
de
oro
y
claveles
dentro...


desde mis
HORAS ROTAS
Y AULA DE PAZ


TE SIGO TU BLOG




CON saludos de la luna al
reflejarse en el mar de la
poesía...


AFECTUOSAMENTE
SEMEADOR

ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DEL FANTASMA DE LA OPERA, BLADE RUUNER Y CHOCOLATE.

José
Ramón...

antonioanderson disse...

Vc sabia q Belém sofre cerca de 11 mil quedas de energia elétrica, mensalmente?

Confira os detalhes em:
http://avozdeantonioanderson.blogspot.com/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais populares